Sabemos que as dores podem atrapalhar muito o nosso dia a dia. Prejudicando muito nas tarefas do dia a dia, a dor na coluna afeta milhares de pessoas. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que 80% da população já teve ou terá dor na coluna. Como em muitas outras doenças, o canabidiol para dores na coluna é uma opção de tratamento que tem ajudado muitas pessoas.

A dor crônica na coluna

A dor crônica é caracterizada por durar mais de três meses, mas, na maioria dos casos, são dores persistente que permanecem por anos. Além dessa dor persistente, os pacientes podem sofrer de ansiedade, cansaço e problemas para dormir. Essa é uma doença que tira a qualidade de vida dos pacientes.

A dor na coluna é tão comum, que ocupa o segundo lugar no ranking de dores crônicas que mais afetam as pessoas. Levantamento realizado pela Organização Mundial da Saúde mostra que somente a dor de cabeça supera a dor lombar.

E a pandemia da Covid-19 fez o número de pessoas com dor nas costas aumentar. Um estudo apontou que 41% das pessoas no Brasil sentem dor na coluna. O percentual era bem menor antes da pandemia do novo coronavírus, de 18,5%. Um terço declarou ainda que houve piora nas dores que já existiam. Entre os principais fatores para esse aumento estão o mais tempo em casa e a má postura para trabalhar ou ficar frente à televisão. Além do aumento do sedentarismo e redução das atividades físicas e o estresse.

O uso do canabidiol

O óleo de CBD é normalmente utilizado para dores crônicas, casos em que os pacientes sentem as dores muito fortes e de forma muito recorrente. Em relação aos sintomas, o óleo pode reduzir em 30% a intensidade das dores, além de melhorar a qualidade de vida dessas pessoas e possibilitar a realização das tarefas diárias de forma natural.

Um estudo da Universidade Harvard comprovou que, ao utilizar a cannabis, os pacientes com dores apresentaram grandes melhorias nos sintomas. Em um outro estudo, realizado pela Universidade de Michigan demostrou que a Cannabis reduz o consumo de opiáceos em uma média de 64% (substâncias derivadas do ópio, usadas principalmente na terapia da dor crônica e da dor aguda de alta intensidade) e diminui os efeitos colaterais de outros medicamentos.

A eficácia do canabidiol como analgésico para as dores deve-se ao nosso sistema endocanabinoide. O corpo humano possui um sistema chamado sistema endocanabinoide, que está envolvido na regulação de uma variedade de funções básicas, como sono, apetite, dor e resposta do sistema imunológico. O corpo produz endocanabinoides, que são neurotransmissores que se ligam aos receptores canabinoides no sistema nervoso.

Em um outro estudo, feito pela The Health Effects of Cannabis and Cannabinoides, nos Estados Unidos, mostrou que o alívio da dor crônica é a condição mais comum citada pelos pacientes para o uso da Cannabis.

Além disso, pacientes relatam que apenas a Cannabis fez com que eles pudessem voltar a viver uma vida sem dores.

Fonte: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2020/08/12/dor-cronica-so-melhorou-depois-da-cannabis-veja-beneficio-da-substancia.htm

A dose do canabidiol é diferente para cada paciente, e normalmente o teste vem em pequenas doses até acertar a dose necessária. Depois de acertar esse nível correto, não é necessário alterar o tratamento. A melhora nas dores é rápida e perceptível a partir de 15 dias do início do tratamento.

A maior parte dos pacientes consegue o alívio com o óleo de CBD, ou seja, utilizando o canabidiol para o tratamento, poucas pessoas precisam recorrer ao THC (tetra-hidro-canabidiol) para o tratamento. Nesses casos o acompanhamento de perto do médico é ainda mais importante já que essa é a substância conhecida por dar o famoso “barato”.

Como a dor crônica na coluna é uma das doenças mais comuns, o uso da Cannabis se popularizou entre as pessoas, especialmente após a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) liberar, em 2015, a importação dos produtos extraídos da Cannabis.

Se você quer saber mais sobre o uso da maconha medicinal clique aqui e leia sobre o uso Nos conte aqui nos comentários se você conhece alguém que faz do canabidiol para alguma dor ou doença. E se você gostou desse texto, compartilhe com os amigos.


Leave a Reply

Your email address will not be published.