Situações de muito estresse e medo podem deixar marcas muito graves na saúde psiquiátrica das pessoas que vivenciam. Aliado a isso, normalmente, as pessoas que sofrem com os sintomas de um transtorno pós-traumático demoram aproximadamente dois anos para buscar ajuda. O TEPT é um distúrbio capaz de tirar a qualidade de vida dos pacientes. A boa notícia é que pesquisadores já descobriram que a Cannabis para TEPT tem demonstrado resultados positivos de alívios dos sintomas dos pacientes.

O TEPT

O transtorno do estresse pós-traumático é um distúrbio da ansiedade caracterizado por sinais e sintomas físicos, psíquicos e emocionais em decorrência de uma situação traumática, que represente ameaça à vida do paciente ou à vida de terceiros conhecidos. Quando se recorda do fato, ele revive o episódio, como se estivesse ocorrendo naquele momento e com a mesma sensação de dor e sofrimento que o agente estressor provocou. Essa recordação, conhecida como revivescência, desencadeia alterações neurofisiológicas e mentais.

O transtorno afeta aproximadamente 9% das pessoas em algum momento de suas vidas, incluindo a infância. Aproximadamente 4% dos adultos sofrem desse transtorno anualmente. Aproximadamente 20% das pessoas que viveram situações de violência, agressão, abuso sexual, terrorismo, tortura, assalto, sequestro, acidentes, guerra, catástrofes naturais ou provocadas, desenvolvem esse tipo de transtorno.

Os sintomas podem variar, em tempos e níveis diferentes e incluem pensamentos e lembranças da situação que levou ao trauma, isolamento social e hiperexcitabilidade psíquica e psicomotora, com taquicardia, sudorese, tonturas, dor de cabeça, distúrbios do sono, dificuldade de concentração, irritabilidade e hipervigilância.

O tratamento do TEPT com CBD e THC

Pesquisadores já fizeram algumas descobertas, testes com animais, em laboratório, demonstraram que os canabinoides da Cannabis são capazes de “apagar” memórias ligadas a traumas. As descobertas incluem também que a mistura do CBD (canabidiol) com o THC (tetra-hidrocanabinol) é o mais indicado para o tratamento, já que fortalecem nessa função. A atuação desses canabinoides se dá no sistema endocanabinoide que temos em nosso organismo, e que está diretamente relacionado ao desenvolvimento de quadros de estresse pós-traumático, é nessa região que os canabinoides atuam e ajudam a extinguir essas lembranças e o estresse.

As pesquisas com Cannabis para pacientes com TEPT

Um estudo de 2020 feito por especialistas da Universidade Estadual de Washington analisou um grupo de 400 pacientes com TEPT, e os resultados, a curto prazo, indicaram que 62% dos pacientes relataram redução dos pensamentos associados à situação traumática, 67% relataram diminuição na irritabilidade e 57% diminuição na ansiedade.

Em outra pesquisa, também de 2020, realizada por pesquisadores da Faculdade de Medicina Perelman, da Universidade da Pensilvânia, na Filadélfia, Estados Unidos, também foi possível comprovar essa eficiência. Durante um ano, um grupo de pacientes diagnosticados TEPT foram tratados com Cannabis e outro grupo não. No final do experiência, o grupo tratado com a Cannabis teve diminuição significativa dos sintomas do TEPT, em alguns casos até foi possível constatar a cura do distúrbio.

Conte aqui para nós, nos comentários, se você gostou desse conteúdo e compartilhe com seus amigos. E para continuar lendo sobre o uso medicinal da Cannabis clique aqui e entenda como o canabidiol pode ajudar pacientes no tratamento da insônia.

Fontes: https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/transtorno-do-estresse-pos-traumatico/


Leave a Reply

Your email address will not be published.