Efeitos da maconha medicinal

Tempo de leitura: 6 minutos

Há tempos, muitos países têm legalizado o uso dos princípios ativos da maconha (cannabis sativa) no tratamento de doenças, ou seja, hoje a ciência vem comprovando que o efeito da maconha apresenta muitos aspectos positivos também para o ser humano.
Claro que muitos enxergam a maconha como um tabu e uma droga, como algo desastroso para o ser humano, mas tudo depende de como ela é consumida.
Mesmo assim, a comunidade médica tem evidenciado uma propriedade medicinal da planta, como você verá neste artigo.
No Brasil, desde 2014, esse tema vem ganhando relevância, pois muitas famílias começaram a buscar tratamentos para algumas doenças a partir da maconha medicinal.
Desde então, cinco projetos sobre a regulamentação do uso da planta para fins medicinais, foram propostos e discutidos no Congresso Nacional.
Muitos questionam se existe diferença entre maconha medicinal e maconha
“comum”. E, a resposta é: não. O que existe são diferentes compostos, por
exemplo o THC e CBD, alguns são considerados mais “medicinais” do que outros.
Mas todos podem ser encontrados na mesma planta.
Neste artigo você vai conhecer sobre os efeitos da maconha medicinal, com isso você pode inclusive educar sua família e amigos quanto ao tema, o qual tem tido muita repercussão.

O que é o THC? Quais os efeitos do THC?

efeitos da maconha

O THC é o tetrahidrocanabinol, o princípio ativo da maconha, que popularmente falando, “dá barato” e é extraído da cannabis (maconha). Ele é conhecido por ser antidepressivo, estimulante do apetite e anticonvulsivo.
Entre os efeitos da maconha, o THC tem apresentado resultados significativos no tratamento contra doenças como o mal de Parkinson, esclerose múltipla, a síndrome de Tourette, a asma e o glaucoma.
O THC tem apresentado benefícios à saúde como na redução do aparecimento da neuropatia, e ajudando aqueles que sofrem de transtorno de estresse pós-traumático.

O que é o CBD? Quais os seus efeitos do CBD?

efeitos da maconha medicinal

O CBD ou canabidiol é um dos componentes da maconha. Ele tem ganhado grande visibilidade na mídia, nos consultórios médicos e laboratórios em geral, devido ao seu valor medicinal para ajudar no tratamento da epilepsia e outras doenças.
Hoje, inúmeras famílias vêm relatando resultados incríveis com o tratamento a partir do CBD. Apesar disso, a eficácia do componente ainda não está totalmente validada.
O CBD tem sido estudado como um neuroprotetor, com a função de proteger as células nervosas.
Entre seus efeitos estão que ele não é psicoativo, não causando alterações no humor ou percepção da pessoa, isto é, ele não causa o famoso “barato”. O CBD possui efeito sedativo, causando sono e relaxamento em quem consome. Esse efeito pode ser aumentado, dependendo do modo de preparo do extrato.
O CBD mostra ter propriedades anti-inflamatórias, com potencial para tratar por exemplo, a esclerose múltipla, a artrite, a doença de Crohn, entre outras doenças.
Alguns estudos tem mostrado o potencial do CBD com efeito antitumor para tratar o câncer. Os testes foram feitos em animais e não em humanos. Estudos em humanos, portanto, ainda são necessários para comprovar os resultados.

Quais os efeitos da “planta” maconha / cannabis (fumar ou consumir a planta in natura)?

efeitos da maconha

 

Os efeitos maconha no corpo humano, varia de pessoa para pessoa, conforme sua sensibilidade à planta, da quantidade consumida, da pureza ou preparação da planta, entre outros fatores.
Alguns estudiosos afirmam que a planta causa efeitos colaterais quando utilizada em excesso, tanto ao fumar como consumir a planta de outro modo.

O que o efeito entourage “efeito comitiva”?

efeitos da maconha

Esse efeito acontece com a combinação ou junção dos componentes THC e o CBD, o que traz um potencial maior de resultados ou eficácia de seu uso. Muitos estudos mostram que a eficácia é maior usando os dois componentes, em vez de apenas um.
Ou seja, a molécula isolada do canabidiol pode funcionar em alguns casos, mas em outros, pode ser necessário a combinação a outras substâncias da planta, o que inclui o THC.

Quais os efeitos do “Óleo Medicinal”, “Óleo de CBD” ou “Extrato de CBD” ?

efeitos da maconha

Vale ressaltar que todos eles são nomes dados ao mesmo produto, que é o remédio mais conhecido da cannabis.
O CBD pode ser encontrado em forma de óleo. Mas como todo medicamento é recomendável ter orientação médica antes de passar a usar o óleo de CBD.
Hoje no Brasil, existem associações que possuem autorização da justiça para fazer e processar o óleo medicinal, fornecendo aos pacientes o óleo de cannabis a um preço mais justo.
Segundo alguns estudos, inclusive que tratam dos efeitos da maconha, com o uso desse óleo medicinal, as crises convulsivas nos pacientes caem bastante. Há relatos de pacientes com crises convulsivas graves que ficam muito tranquilos após o uso desse medicamento.

Quais os efeitos colaterais da maconha medicinal?

efeitos da maconha

Os principais efeitos da maconha medicinal estão listados a seguir, mas tudo depende da quantidade de consumo, da frequência do uso, da pureza da planta, entre outros fatores:

 Dificuldades no aprendizado
 Perda da motivação
 Irritabilidade
 Náuseas
 Infecções respiratórias
 Congestão nasal
 Diminuição da libido
 Alterações no ciclo menstrual


O médico deve orientar o paciente quanto ao uso correto para evitar problemas.
Mas os efeitos da maconha, como dito, têm também seus aspectos positivos ou terapêuticos.

Você sabia que é possível plantar cannabis medicinal de forma legal? Descubra tudo sobre a Regulamentação da Cannabis Medicinal no nosso artigo completo

Quanto tempo dura o efeito da maconha no organismo?

efeitos da maconha

O efeito da maconha pode durar até 24 horas no corpo humano, depende de como foi consumida e da quantidade. Mas os efeitos na pessoa em seu pensamento e coordenação leva mais tempo, podendo chegar a semanas de duração do efeito.

Existe uma forma de fazer passar rapidamente os efeitos da maconha?

efeitos da maconha

Uma forma que ajuda a passar os efeitos da maconha é hidratando o corpo,
bebendo muito líquido, hidratando os olhos com soro fisiológico e fazendo atividade física. Isso tudo de forma combinada ajuda a passar os efeitos da maconha no corpo.

Para concluir…
Você viu até aqui muitas informações úteis a respeito da maconha medicinal e seus efeitos para o ser humano. Continue conosco para conhecer mais a fundo este tema sobre os efeitos da maconha.


Se este artigo foi útil para você, compartilhe nas redes sociais, faça ele alcançar mais pessoas!

 

Texto Original: Equipe de Redação Plantando Bem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *