Já sabemos que os canabinoides possuem propriedades terapêuticas importantes para o tratamento de diversas doenças. Uma das características medicinais dos canabinoides é que eles possuem propriedades anti-inflamatórias que já demonstraram ser eficientes para o tratamento de algumas das principais doenças da pele. Além disso, os canabinoides possuem propriedades antioxidantes, preservando a vitalidade da pele. Produtos farmacológicos com canabinoides são eficazes contra muitas doenças da pele, como eczema, psoríase, dermatite atópica e dermatite de contato. O uso de cremes e pomadas produzidos com cannabis aparecem na literatura médica desde o século XIX. Leia, neste texto, tudo sobre os canabinoides para doenças da pele.

A lista de doenças de pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia é longa, com mais de 70 patologias. As mais conhecidas são: vitiligo, albinismo, dermatite atópica, dermatite de contato, eczema, escabiose, melasma e psoríase.

Produtos cosméticos com canabidiol

Os produtos cosméticos para a pele, produzidos com substâncias da maconha, já são comuns em alguns países da Europa e dos Estados Unidos. No caso das propriedades antioxidantes, os produtos apresentam efeito firmador, preenchedor de rugas, lifting e clareador de manchas. Recentemente, pesquisadores das Universidades de Córdoba, na Argentina, e de Dundee, no Reino Unido, conseguiram modificar a molécula do canabidiol para que ela também ativasse a proteína que controla genes que ajudam a proteger as células contra o ‘estresse oxidativo’, quando o corpo não consegue combater os efeitos nocivos dos radicais livres, o que pode levar a problemas como mutações no DNA celular, favorecendo o aparecimento de câncer de pele.

O que são os canabinoides?

Os canabinoides são compostos químicos capazes de se ligarem aos recepctores endocanabinoides, presentes no cérebro do corpo humano. O sistema endocanabinoide é responsável por regular e manter o equilíbrio de muitos dos processos fisiológicos do nosso corpo. Os canabinoides da maconha são chamados de fitocanabinoides e são capazes de ativarem os endocanabinoides do nosso organismo.

As plantas da maconha não são as únicas que contêm os fitocanabinoides, mas são as que possuem as concentrações mais elevadas destes compostos, por isso a Cannabis é tão eficaz no tratamento de muitas doenças do organismo humano. As maiores concentrações de canabinoides da maconha estão no caule e nas flores da planta.

Pesquisas sobre o uso dos canabinoides

Entre os estudos já realizados demonstrando a eficácia da substância da maconha para problemas de pele está o estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Colorado (EUA), que concluiu que os produtos farmacológicos produzidos com canabinoides eram capazes de ajudar nos sintomas de eczema, psoríase, dermatite atópica e dermatite de contato.

Em outro estudo com pacientes, 8 dos 21 participantes da pesquisa aplicaram um creme para a pele com canabinoide, duas vezes por dia durante três semanas, e conseguiram eliminar completamente a coceira. Os pesquisadores chegaram à conclusão de que a substância foi capaz de reduzir a pele seca, responsável por causar a coceira na pele das pessoas.

Os medicamentos produzidos a partir dos canabinoides têm ajudado muitos pacientes com problemas de pele porque os medicamentos tradicionais, na maioria dos casos, podem não tirar todos os sintomas causados pelas doenças. Outra vantagem dos canabinoides é que eles não causam sintomas adversos.

Para continuar lendo sobre os benefícios medicinais da Cannabis, clique aqui e leia sobre o uso do canabidiol (CBD) para o tratamento de lúpus. E compartilhe esse conteúdo com seus amigos para que eles também leiam sobre os benefícios da maconha medicinal.

Fontes: https://revistamarieclaire.globo.com/Beleza/noticia/2021/01/canabidiol-novo-estudo-mostra-poderosa-acao-anti-inflamatoria-e-antioxidante-na-pele.html


Leave a Reply

Your email address will not be published.