Em alguns países dos Estados Unidos e da Europa, em que a Cannabis já é legalizada, é comum encontrar em farmácias, e diversos outros estabelecimentos, inúmeros produtos e cosméticos produzidos a participar da maconha. Isso porque os pesquisadores já comprovaram, por meio de diferentes estudos na área dermatológica, que a Cannabis é eficiente contra diversas doenças de pele. Uma dessas doenças é a acne, uma das mais comuns na população. Leia neste texto como é o uso da Cannabis para a acne.

A acne

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), mais de 50% da população adulta sofre com a acne. Quando olhamos para os adolescentes, mais de 90% das pessoas nessa faixa etária têm problemas com a acne. Essa é uma das doenças dermatológicas que mais causam desconforto para as pessoas, sendo a principal razão para as pessoas procurarem por tratamentos e cuidados com a pele.

A acne provoca lesões na pele, o que conhecemos como cravos e espinhas, e em alguns casos pode surgir vermelhidão, irritação e até dor. Isso é causado por um processo de inflamação nas glândulas sebáceas que temos na pele, as glândulas ficam com a produção e composição do sebo alterado o que ocasiona as inflamações na pele.

As principais causas da acne são: exposição ao sol, tabagismo, grande consumo de açúcar, estresse, disfunção hormonal, além da genética.

Os tratamentos tradicionais podem ser muito agressivos, quando há o uso de medicamentos via ingestão, que costumam causar sintomas adversos fortes nos pacientes. E os tratamentos com cremes e outros produtos passados diretamente na pele costumam apresentar resultados em um tempo muito longo, causando muito desconforto no paciente em que está em tratamento. E aí que a Cannabis medicinal surge como uma excelente opção para pessoas com acene, isso porque a planta tem efeitos anti-inflamatórios e antimicrobianos comprovados.

O tratamento com a Cannabis para a acne

Para explicar o efeito da Cannabis no tratamento da acne, é importante sabermos que nosso organismo possui receptores canabinóides capazes de ligar às substâncias da Cannabis, como o CBD e o THC, por exemplo. Esses receptores também estão presentes em nossa pele, com essa ligação, a Cannabis é capaz de regular o funcionamento do nosso sistema endocanabinóide e assim regular a produção de sebo da pele.

A forma utilizada da Cannabis para acne é por meio do creme produzido a partir das sementes da Cannabis e pesquisas já comprovaram que esse tratamento tem eficácia significativa quando comparado com outros tratamentos com cremes tradicionais. Isso porque, o creme apresenta um alto efeito redutor do eritema, que são as manchas vermelhas e irritações causadas pela acne. Além de ter um efeito muito mais rápido.

Além do creme produzido a partir da semente, outra parte da planta que tem papel importante no tratamento é o CBD (canabidiol), substância da planta com potencial para recuperar os machucados e as lesões causadas na pele. O CBD tem ação anti-inflamatória essencial para o tratamento, visto que auxiliar na regulação da produção de sebo pelas glândulas.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com seus amigos e familiares. E nos conte aqui outros assuntos que você gostaria de ler aqui no blog do Plantando Bem.

Para continuar lendo sobre o uso medicinal da Cannabis para as doenças de pele, clique aqui. Nesse texto você poderá confirmar como são produzidos os medicamentos e cremes para a pele para tratar algumas das doenças dermatológicas mais comuns.

Fontes:

https://www.folhavitoria.com.br/saude/noticia/02/2020/acne-atinge-mais-da-metade-da-populacao-adulta-e-90-dos-adolescentes

https://saude.abril.com.br/medicina/acne-o-que-e/


Leave a Reply

Your email address will not be published.