Diversas doenças já foram tema de estudo de seus tratamentos com a cannabis medicinal. Os distúrbios alimentares passaram a fazer parte dessa lista, justamente porque a capacidade de regular o sistema responsável pela alimentação da maconha pode ajudar muitos pacientes. Uma dessas doenças é anorexia, distúrbio em que a pessoa fica em jejum, muitas horas sem se alimentar. O uso da cannabis para anorexia já demonstrou a capacidade de ajudar esses pacientes.

O que é a anorexia?

A anorexia é um transtorno alimentar em que a pessoa enxerga o corpo de forma distorcida, muito acima do peso, e acaba não se alimentando direito, induzindo o vômito, usando medicamentos e fazendo o máximo de exercícios que consegue. A doença é mais comum em mulheres jovens, embora possa afetar pessoas de qualquer gênero e faixa etária. A doença tem origem psicológica e fisiológica e altera a produção dos hormônios responsáveis pelo apetite e a pessoa consegue ficar o dia todo sem sentir fome.

A perda de peso é grave para os pacientes e pode provocar baixas na imunidade, enfraquecimento dos músculos e ossos, interrupção da menstruação, arritmia cardíaca e convulsões. Essa é uma doença tão grave que o quadro chega a ser fatal em 15% dos casos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 4,7% dos brasileiros sofre de distúrbios alimentares.

O tratamento, geralmente, envolve médicos, psicólogos e nutricionistas e o primeiro objetivo é recuperar o peso de forma segura para fortalecer a saúde e imunidade. O processo de recuperação inclui também psicoterapia para que o paciente consiga enxergar bem o próprio corpo e reestabeleça uma relação saudável com a comida e a alimentação.

É na primeira parte do tratamento, quando o paciente precisa voltar a se alimentar de maneira adequada que a Cannabis tem demonstrado um papel importante, ajudando os pacientes a sentirem vontade de comer.

O tratamento da anorexia com Cannabis

Uma das principais causas da anorexia é uma desregulação no sistema endocanabinoide. Esse sistema é responsável por regular diversas funções básicas do nosso organismo, incluindo a fome e o gasto energético. Os canabinoides da Cannabis são muito similares ao do corpo e são capazes de reforçar o sistema do nosso organismo, ajudando a reestruturar o equilíbrio. Esse tratamento é utilizado inclusive no tratamento de portadores de HIV e câncer, para aumentar a vontade de comer.

Uma pesquisa dinamarqueza, de 2014, já demonstrou essa capacidade da Cannabis. No estudo, 25 mulheres com anorexia nervosa, com o transtorno há mais de 5 anos, fizeram o uso do Dronabinol, um canabidiol sintético que já é remédio usado normalmente para prevenir náuseas e vômitos causados pela quimioterapia, parecido com o tetra-hidro-canabinol (THC). As pacientes foram divididas em dois grupos, que tomaram o remédio ou placebo durante quatro semanas. Ao longo do período do teste, as mulheres que ingeriram o medicamento ganharam peso, uma média de 0,73g. Além disso, nenhuma das pacientes tiveram efeitos colaterais.

Além do benefício de regular o sistema endocanabinoide do nosso organismo, a Cannabis é capaz de controlar a ansiedade e também a depressão, outros sintomas que os pacientes podem apresentar.

A Cannabis realmente já ganhou seu espaço na medicina e no tratamento de muitas doenças. Para ler sobre o uso do canabidiol para as doenças de pele, clique aqui, no texto você poderá conferir quais as podem ser beneficiadas com o uso da erva e como os canabinóides agem tratando os pacientes.

Se você gostou desse conteúdo, comente aqui e se quiser ler sobre outros assuntos, deixe sua sugestão. Compartilhe também com seus amigos.

Fontes: https://saude.abril.com.br/mente-saudavel/anorexia-o-que-e-sintomas-e-tratamento/


Leave a Reply

Your email address will not be published.