Presente no grupo de doenças inflamatórias do intestino, a colite ulcerativa – ou colite ulcerosa – causa muitos desconfortos e dores para os pacientes. Pesquisadores já identificaram que a Cannabis medicinal é uma opção importante para intensificar os tratamentos tradicionais da doença, ajudando, principalmente, nas fortes dores abdominais sentidas pelos pacientes e, de forma geral, o uso da erva tem oferecido muito mais qualidade de vida. Leia neste texto como se dá e quais são os efeitos do uso da Cannabis para colite ulcerativa.

A colite ulcerativa

A colite ulcerativa – também conhecida por colite ulcerosa ou retocolite ulcerativa – é uma inflamação no intestino e/ou nas úlceras do cólon (intestino grosso). Entre os principais sintomas da doença estão hemorragia, diarreia e fortes dores abdominais. A colite ulcerativa, assim como a doença de Crohn, faz parte do grupo de doenças inflamatórias do intestino.

Uma das principais causas da colite é o fator genético, até 25% dos pacientes têm um parente próximo com a doença, que começam a apresentar o quadro após um quadro de infecção. Os estudiosos ainda tentam descobrir outras possíveis causas, entre as hipóteses estão a má alimentação e o sedentarismo e o aparecimento após a cessação do tabagismo.

A doença não tem cura, mas o tratamento é essencial para controlá-la. Os medicamentos normalmente utilizados são corticoides, 5-aminossalicilatos, azatioprina e infliximab, entre outros.

O problema é que os tratamentos tradicionais exigem o uso de muitos medicamentos de forma contínua e efeitos colaterais desagradáveis às pessoas.

O tratamento com Cannabis

O tratamento com a Cannabis para a colite ulcerativa se dá por meio do sistema endocanabinoide do nosso organismo. Ele é responsável por toda a regulação do nosso corpo, incluindo as inflamações no intestino. As substâncias da Cannabis são capazes de se ligar ao sistema endocanabinoide e regulá-lo. Quando o paciente faz uso da Cannabis, as substâncias da erva ajudam a fortalecer esse organismo e com isso combater a inflamação causada pela doença.

A substância da Cannabis utilizada para o tratamento é o THC (tetrahidrocanabinol).

De forma geral, o uso da Cannabis é capaz de ajudar de forma significativa as dores abdominais e o número de evacuações por dia, com isso o paciente também alcança muito mais qualidade de vida, e consegue retomar atividades do dia a dia de forma satisfatória.

Em 2018 pesquisadores analisaram dois estudos que foram realizados, no total, com 92 pacientes adultos com colite ulcerosa. Um dos estudos, feito com 60 pacientes, utilizou cápsulas do óleo de cannabis contendo THC. 24% dos participantes alcançaram remissão clínica, isso quer dizer que conseguiram estabilizar a doença, sem sentir os efeitos e sintomas. O outro estudo foi realizado com o uso de cigarros de cannabis e os participantes apresentaram índices mais baixos de atividade da doença.

Se você gostou desse conteúdo, compartilhe com seus amigos e familiares. E comente aqui para nós outros assuntos que você gostaria de ler em nosso blog.

A Cannabis medicinal também já demonstrou ser eficiente para a doença de Crohn, para ler o texto e continuar descobrindo os efeitos medicinais da maconha, clique aqui e veja como é o tratamento dos pacientes.

Fontes:

https://www.saudebemestar.pt/pt/clinica/gastrenterologia/colite-ulcerosa/

https://www.pfizer.com.br/sua-saude/dor-e-inflamacao/colite-ulcerativa


Leave a Reply

Your email address will not be published.