3 Dicas Para Grande Cultivos de Cannabis Medicinal Para Empresas

Tempo de leitura: 5 minutos

3 Dicas Para Grande Cultivos de Cannabis Medicinal Para Empresas

cultivo de cannabis para empresas

Você está planejando um grande cultivo de Cannabis para a sua empresa?

 

Entendo você, essa é uma sensação extasiate . Eu também não vejo a hora da regulamentação.

 

Pensando em você, eu resolvi começar uma série de dicas para grandes cultivos de cannabis medicinal.

 

Vou começar com 3 dicas para você aplicar agora, na fase de planejamento do seu cultivo. Dicas para cultivos indoor, greenhouse ou estufa.

 

Aqui já fica uma dica extra, para cultivos medicinais, prefira esses três tipos de cultivo:

  • Indoor
  • Greenhouse
  • Estufa               

Pois permitem um sistema fechado. O que te dá, muito mais controle, maior prevenção de pragas e mais segurança em geral

 

Cultivos abertos, (outdoors) ficam expostos ao clima e aos animais. Se você é um empreendedor ou investidor de sucesso. Você sabe que não pode deixar um investimento valioso, sem as devidas proteções

 

Faz sentido para você?

 

Vamos falar de 3 problemas que podem arruinar a sua plantação e como resolver

 

Vamos lá?

 

Fonte de água pura

cultivo de cannabis para empresas

Água é o fundamento básico da vida, cerca de 75% de uma planta Cannabis é feito de água. Ter  uma fonte de água pura e abundante é fundamental

 

Fontes de água como o sistema de abastecimento público, tratam a água com cloro. O cloro  é prejudicial para a planta.

 

É possível purificar essa água, mas gasta tempo e/ou dinheiro. Se colocarmos isso em uma escala industrial e multiplicarmos pelo ano todo, você vai ver que não é tão pouco assim

 

Por isso, escolha sempre um local com fonte de água pura…

Quais locais tem fonte de água pura?

Fontes hidrominerais ou locais onde é possível perfurar poços artesianos ou semi artesianos são excelentes.

 

Condensação da água

cultivo de cannabis para empresas

O que é a condensação?

 

“Condensação ou Liquefação é uma das fases em que ocorre a transformação da matéria, do estado gasoso para o estado líquido. A condensação que normalmente ocorre é quando o vapor é resfriado e isso pode ocorrer em sistemas fechados com o vapor comprimido sendo que ambas as situações dependem somente do equilíbrio entre a pressão e temperatura.”

 

Como assim Jean? O que isso tem a ver com o cultivo de cannabis medicinal da minha empresa?

 

Quando estamos falando de cultivo indoor, greenhouse ou estufa .Você sempre terá o controle sobre as condições climáticas dentro da estufa. Você pode deixar a estufa mais quente no inverno e mais fria no verão.

 

Surge então um problema, a diferença de temperatura do interior da estufa de cultivo e o exterior

 

Quando o ar quente das plantas quando toca o teto de vidro ou lona de uma estufa e lá fora está gelado. O Ar quente e úmido vindo das plantas condensa ao tocar o teto frio.

 

Isso pode causar uma chuva artificial nas suas lindas plantas de cannabis

 

Você não vai querer uma chuva artificial nos seus lindos buds (flores de cannabis), porque isso é extremamente perigoso. Chuva é muito úmida (óbvio), umidade nos buds geram fungos (mofo), mofos não controlados destroem plantações gigantes em questão de duas semanas

 

Cannabis medicinal contaminada com mofo, está simplesmente inutilizada

 

Como resolver?

 

Mantenha sempre a circulação de ar no teto do seu cultivo, isso evita que a umidade condense

 

Outra maneira é ter um material antitérmico, como por exemplo, laje ou telhado de um cultivo indoor. No cultivo indoor esse problema é mais fácil de resolver.

 

Existem outras formas de melhorar isso, esse é um dos principais desafios dos grandes cultivos, inclusive de empresas dos EUA e Canadá onde isso é mais comum pelas baixas temperaturas no inverno

 

Prevenção de pragas

universidade cannabis

Como você viu, o mofo pode arruinar uma plantação tão rápido quando Ayrton Senna na pista molhada. Tenho um alerta chocante para te fazer: Ele não é o único

 

Nossas plantas de cannabis são bonitas, verdinhas, saborosas e extremamente cheirosas. Ou seja, muitos insetos e pragas, quererem tirar um pedacinho da sua cannabis

 

Assim como mofo, outras pragas como:

 

  • Spider Mites
  • Mosca Branca
  • Pulgão
  • Formigas
  • Mais de 5 espécies de Fungos (Mofo)
  • Etc…

 

Querem atacar as plantas, e se conseguirem podem devastar uma plantação inteira.

Remediar uma plantação atacada é um trabalho mais difícil, por algumas questões como:

 

  • Reprodução rápida das pragas, geralmente o cultivo é o ambiente ideal para pragas. Isso faz elas reproduzirem em uma velocidade assustadora
  • Não se pode usar pesticidas na floração, pois acabaria com o gosto e a qualidade medicinal da sua colheita

 

Mas como resolver?

 

Simples, faça a prevenção.

Existem inúmeros repelentes no mercado, eu particularmente recomendo o óleo de NEEM. Que é um repelente natural e muito eficiente. Inclusive essa é uma substância aprovada pelo rigoroso órgão regulador americano para controle de pesticidas.

 

Ele não faz mal para as plantas, nem para nós humanos.

 

Prevenção é mais fácil e mais barato do que remediar um cultivo atacado!

 

Fica a dica aprendida a duras penas no meu cultivo pessoal

 

Sei que se você é um empreendedor ou investidor de verdade. Você está pensando:              

“Onde posso saber mais?”

 

Meu nome é Jean Silva, sou empreendedor fundador da Universidade Cannabis e da Plantandobem.com.br, cultivador pessoal  e estudante de cannabis há mais de 5 anos. Antes de dedicar a minha vida a paixão pela cannabis, fui funcionário público e cursei bioquímica na Universidade Federal de São João del-rei

 

Você quer saber mais?

 

Entre em contato, adoro conversar!  Meu e-mail é plantandobem@plantandobem.com.br