o uso da maconha no tratamento da fibromialgia

Sabe-se que a Cannabis tem se mostrado cada vez mais eficiente no tratamento de diversas doenças e com os estudos mais frequentes nessa área, mais pacientes começam a se beneficiar do tratamento associado à maconha. Uma das grandes eficácias da Cannabis é com relação às dores no corpo, de forma geral, portanto uma das doenças que tem demonstrado ganho com o tratamento alternativo é a fibromialgia, em que o paciente sente muitas dores no corpo todo. Continue lendo esse texto para entender mais sobre essa doença e sobre como é o tratamento com a maconha.

A fibromialgia

A fibromialgia é uma síndrome que causa dores no corpo todo do paciente, especialmente na musculatura do organismo.

Além das fortes dores, a fibromialgia causa cansaço, sono mesmo após a pessoa descansar, e outros como alteração na memória e na atenção nas tarefas do dia a dia, ansiedade, depressão e alterações no funcionamento do intestino. A fibromialgia é um problema bastante comum diagnosticado em pelo menos 5% dos pacientes que vão a um consultório de Clínica Médica e em 15% dos pacientes que vão a um consultório de Reumatologia.

(fonte: https://www.reumatologia.org.br/orientacoes-ao-paciente/fibromialgia-definicao-sintomas-e-porque-acontece/)

Não existe ainda uma causa única para a fibromialgia, mas os estudos indicam que os pacientes com fibromialgia apresentam uma sensibilidade maior à dor. Desta maneira, nervos, medula e cérebro fazem com que o paciente sinta as dores de forma muito mais intensa. A fibromialgia pode aparecer em decorrência de um trauma físico, psicológico ou infecção grave. O mais comum é que o quadro comece com uma dor localizada crônica, que passa então a atingir o corpo todo.

O diagnóstico é essencialmente clínico feito por um médico reumatologia a partir do relato e histórico do paciente, isso porque não existem exames para detectar a fibromialgia. Normalmente o médico usa um processo de eliminação, em que vai realizando outros exames para descartar outras doenças e outras possíveis causas que poderiam justificar os sintomas.

Cannabis para fibromialgia

Estudos recentes indicam que o canabidiol (CBD) é eficaz no tratamento da fibromialgia por reduzir os principais sintomas nos pacientes. Isso acontece porque o CBD tem efeitos, principalmente, sobre os receptores da dor e da inflamação no cérebro. Não se pode dizer com certeza, mas o que os pesquisadores entendem é de que, com o uso dos medicamentos formulados a partir do CBD, o paciente sente muito menos dores do que normalmente justamente por essa ação do canabidiol.

Estudos, inclusive, comprovam essa eficiência. O estudo Safety and Efficacy of Medical Cannabis in Fibromyalgia, de 2019, realizado por israelenses e publicado no Journal of Clinical Medicine, mostrou os resultados do acompanhamento de 367 pessoas que fizeram o tratamento da fibromialgia com Cannabis por seis meses. A conclusão foi de que a Cannabis é eficaz e segura quando administrada de forma gradual.

O medicamento mais utilizado no tratamento da fibromialgia é óleo de CBD, que pode ser produzido de três formas: isolado, apenas com o canabidiol; de espectro completo, menos processado e contém todos os componentes da Cannabis; espectro amplo, neste o THC é removido.

A maconha é tão eficiente no tratamento das dores, que inclusive já é utilizada no tratamento de dores no corpo em geral há muitos séculos e é vista como uma importante planta teraupêutica.

As principais pessoas acometidas pela fibromialgia são as mulheres, na faixa etária dos 30 aos 50 anos, e o tratamento tradicional é feito com analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares, além de medicamentos que ajudam no sono, para que a pessoa consiga adormecer. Além de não tiraram 100% dos sintomas, esses medicamentos são prejudiciais para a saúde dos pacientes a longo prazo.

É neste aspecto que o tratamento alternativo com a Cannabis é bastante importante para os pacientes, especialmente por ser uma substância que não traz grandes sintomas prejudiciais para as pessoas.

Os pacientes que já são tratados com medicamentos produzidos com CBD afirmam que sentem alívio significativo das dores no corpo, além de conseguirem dormir com muito mais qualidade e sentirem melhorar nos outros sintomas da fibromialgia, como enxaqueca, ansiedade e síndrome do intestino irritável.

Embora não seja a cura para a fibromialgia, pode-se dizer que a Cannabis traz muito mais qualidade de vida aos pacientes, especialmente por realmente sentirem alívio nas dores. É importante passar por um médico que indica os tratamentos a base de CBD para que ele possa receitar a melhor quantidade de frequência do uso.

Para continuar conferindo o uso da maconha no tratamento das mais diversas doenças continue acompanhando nossos textos. Se você quiser conhecer um pouco mais sobre a eficácia da maconha no tratamento de quem tem Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), mais comumente conhecido como autismo, especialmente para as crianças, clique aqui.

E se você gostou do conteúdo, compartilhe com os seus amigos.


Leave a Reply

Your email address will not be published.